Transporte a vácuo

A linha de soluções pré-projetadas de transporte a vácuo da Gericke foi concebida para auxiliar nos processos de carga e recarga, acionadas pelo ejetor Venturi. Usando uma bomba elétrica, em distâncias curtas, é possível operar no modo de transporte em fase densa.

O projeto modular permite adaptar o dispositivo de sucção a diversos equipamentos de movimentação ou processamento. Alguns exemplos são o basculamento de sacos, descarga de tambores, descarga de big bags, recarga de alimentadores e carregamento de reatores, dentre outros. Os transportadores a vácuo são leves e compactos, sendo adequados para operação manual ou automatizada.

Princípio de funcionamento

A maioria dos sistemas de transporte a vácuo da Gericke opera com base no sistema “sugar e despejar”. Trata-se de uma operação cíclica em que o sistema realiza o transporte por um tempo ou até um nível definido, o transporte é interrompido, as válvulas de descarga se abrem e os filtros são limpos. A sequência então se repete.

Há três elementos cruciais em qualquer conjunto de transporte a vácuo:

1. O ponto de coleta do material. Dependendo do tipo de material que estiver sendo manipulado, podem ser diversos equipamentos, como, por exemplo:

  • Em um sistema de transporte a vácuo, o carregamento ocorre por meio de uma lança ou tremonha de arraste.
  • Estação de basculamento de sacos, usada para manusear sacos de aproximadamente 20 kg.
  • Silo de alimentação, usado como reserva de material, alimentado por outro equipamento.
  • Recipiente de coleta, usado quando as propriedades de fluxo do produto são desfavoráveis. Pode ser necessário um alimentador com medidor.

2. O reservatório de vácuo. Este equipamento se situa no final da linha de transporte e é utilizado para separar o produto do ar de transporte carregado. Conforme o produto entra no reservatório, sua velocidade diminui, ele sai da suspensão e vai para o fundo do reservatório. A fonte de vácuo puxa o ar de transporte empoeirado para o topo do reservatório, onde há um conjunto de filtro instalado, garantindo que o ar que sai do reservatório esteja limpo. Além disso, os filtros são limpos automaticamente em todos os ciclos de descarga, por meio de um jato de ar comprimido.

3. O gerador de vácuo. Pode ser uma bomba de vácuo com acionamento elétrico ou um ejetor de vácuo que funciona com ar pressurizado.
As bombas ou ejetores são selecionados conforme a aplicação, levando em conta todos os requisitos de transporte.

 

Áreas de aplicação

    • Pós finos e grossos, grânulos e materiais a granel, peças pequenas
    • De 0,1 a 8 m3/h, com distâncias de transporte variando de pequenas elevações a até 40 m.
    • Produtos químicos
    • Produtos alimentícios e rações para animais de estimação
    • Soluções para qualidade alimentícia de nutracêuticos
    • Transporte de pastilhas e partículas compactadas
    • Corantes e tintas em pó
    • Transferência de materiais granulados
    • Descarregamento de sacos
    • Descarga de big bags
    • Descarga de silos
    • Carregamento de misturadores com tremonhas de pesagem
    • Recarga de alimentadores volumétricos e gravimétricos
    • Carga e descarga de moinhos
    • Abastecimento de linhas de embalagem


    Vantagens

    • Transporte sem poeira. Os possíveis vazamentos ficam retidos no sistema.
    • Funciona com um ejetor de vácuo — basta conectar o sistema à rede de ar comprimido e ativar o sistema.
    • Adequado para uso em atmosferas explosivas
    • Design higiênico e estanque, com disponibilização dos detalhes da estrutura
    • Possibilidade de instalação de equipamentos adicionais diretamente na linha de transporte (peneiras em linha, desaglomeradores, moinhos cônicos, etc.)
    • Vasos receptores leves e compactos
    • Estrutura modular para fácil desmontagem, diminuindo o tempo de limpeza e interrupções para manutenção
    • Unidades de controle com funcionamento pneumático, sem fontes de ignição

    Especificações

    • Unidade disponível em aço inoxidável 304 e 316.
    • Acabamentos especiais disponíveis para as indústrias alimentícia e farmacêutica.
    • Projetos especiais para movimentar produtos com propriedades de fluxo dificultosas e características abrasivas.
    • Diversos tamanhos disponíveis, para vazões de até 4.000 kg/h.
    • Disponibilidade de implementação conforme a ATEX.
    • Disponibilidade de filtros de área grande com meios filtrantes alternativos, para atender às necessidades da aplicação.
    • Limpeza automática do filtro durante o ciclo de descarga usando jatos invertidos de ar comprimido em uma sequência de tempo controlada.
    • Superfícies internas isentas de fissuras e trincas.
    • Acessórios como bombas de vácuo, alimentadores, transportadores, controles e tubulações.

    Entre em contato conosco.

    Contato